SOTEPP –

Gestão de Políticas Públicas

Disciplina eletiva | 45h| 3 créditos


Ementa

O curso apresentará o debate clássico e contemporâneo sobre a produção e a análise de políticas públicas, fornecendo um panorama da área, suas principais ferramentas e aplicações em alguns casos selecionados na área de Políticas Públicas. Serão trabalhados: Modelos de Análises em Políticas Públicas; Formação da agenda (agenda-setting); Formulação de diagnósticos, alternativas e instrumentos de políticas; Modelos de tomada de decisão; Implementação e avaliação de políticas públicas; Estudos de caso.


Referências

BERTOLIN, Patrícia Tuma; SMANIO, Gianpaolo Poggio (coords.). O Direito e as Políticas Públicas no Brasil. São Paulo: Atlas, 2013.

CORTES, S; LIMA, L. A contribuição da sociologia para a análise de políticas públicas. Lua Nova, São Paulo, 87:39-62, 2012.

FARIA, C.A.P; MARQUES, E. (Orgs). A política pública como campo multidisciplinar. Editora UNESP, São Paulo, 2013.

FISCHER, F. et. alHandbook of Public Policy: Theory, Politics and Methods. Boca Raton-FL, 2007.

HOCHMAN, G.; ARRETCHE, M. e MARQUES, E. Políticas Públicas no Brasil. Rio de Janeiro, Fiocruz, 2007.

HOCHMAN, G; FARIA, C,A,P. Federalismo e políticas públicas no Brasil. Editora Fiocruz, 2013.

KAUCHAKJES, S. Gestão e Controle de Políticas Públicas: participação social no Brasil Contemporâneo. Humanas. Porto Alegre, v. 27, pg.231-249, 2005.

MARQUES, E. Redes sociais e poder no Estado brasileiro: Aprendizados a partir das políticas urbanas. RBCS, Vol. 60, 2006.

MONTEIRO, L. M. Reforma da administração pública e carreiras de Estado: O caso dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental no executivo federal. Revista de Administração Pública, v. 47, p. 1117-143, 2013.

MORAN, M. et alThe Oxford Handbook of Public Policy. New York, Oxford University Press, 2008.

OLIVEIRA, J. A. P. “Desafios do planejamento em políticas públicas: diferentes visões e práticas.” Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro 40(1): pp.273-88, 2006.

RODRIGUES, D.F. A política brasileira de mudanças climáticas: competição, cooperação e diversidade institucional. 01. ed. Fortaleza: Edições UFC,  v. 01. 266p, 2014.

SANTANA, C. H. V.; IGLECIAS, W. T. (Orgs.) . Estado, Burocracia e Controle Democrático. São Paulo: Alameda Editorial, 2015.

SARAVIA, E; FERRAREZI, E. (Orgs). Políticas públicas. ENAP, Brasília, 2006.

TANAKA, Sonia Yuriko (coord.). Panorama Atual da Administração Pública no Brasil. São Paulo: Malheiros, 2012.


Topo